fbpx

ONDE DEUS ESTAVA QUANDO ISSO ACONTECEU?

“Vocês pensam que eu tenho prazer na morte do ímpio? — diz o SENHOR Deus. Não desejo eu muito mais que ele se converta dos seus caminhos e viva?” EZEQUIEL 18:23


Esta é a pergunta que geralmente se ouve de determinadas pessoas quando as tragédias como Mariana, Brumadinho, CT do Flamengo, e tantas outras acontecem. Mesmo aqueles que se dizem ateus aproveitam essa oportunidade para questionar onde está aquele que eles nem acreditam que existe. Aí o ser humano, para fugir das suas responsabilidades, no que nós somos bons em fazer, procura um culpado para nossa arrogância, egoísmo, avareza, falta de amor, incompetência, falta de caráter, de ética, e colocamos naquele, que para alguns não vai responder. A própria palavra de Deus já mostra qual ação do ser humano tem causado profundos transtornos, mortes e sofrimento: Porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a atormentaram a si mesmos com muitas dores.”(I Timóteo 6:10). E coloca muitas dores nisso!

O  sofrimento humano sempre foi entendido por muitos por uma falta de amor de Deus para com o ser humano, alguns até mesmo declaram ser isso prova de sua não existência. Mas o que tantos se esquecem, ou desconhecem, é que Deus continua no mesmo lugar onde sempre esteve, assentado em um alto e sublime trono, e de lá, ele contempla e orquestra a nossa história.

O problema do sofrimento humano não está relacionado a se Deus existe ou não, e sim á capacidade humana de, mesmo sendo avisados do que acontecerá se desobedecermos suas regras, e por incrível que pareça são regras de convivência e relacionamento com o próprio ser humano, teimam em desrespeitar, achando que um Deus de amor é um Deus que mente. Mentir? Sim, quando declaramos que suas regras podem ser desrespeitadas sem dano algum, porque seu amor é incondicional, colocamos Deus como um mentiroso, um pai que cria filhos irresponsáveis e sem caráter, que simplesmente faz como muitos pais modernos que prometem para o filhos “se você fizer isso novamente eu vou te bater!”, quando na realidade não estão dispostos e nem acham correto corrigir o filho, afinal de contas é uma criança. Mas segundo o grande pregador Charles H. Spurgeon: “comece a ensinar cedo pois as crianças começam a pecar cedo”. Mentir não faz parte do caráter de Deus, mesmo porque ele é a verdade, como diz o próprio Cristo, e nele não habita variação nem mudança. Se Deus prometeu ele vai fazer, e se ele falou ele vai cumprir. Como diz com muita propriedade o apóstolo Paulo em Romanos 1:25 Eles trocaram a verdade de Deus pela mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito para sempre. Amém!”, ou seja o mentiroso aqui é outro. No entanto o resultado deste abandono também foi relatado por Paulo, ou seja, Deus sempre avisa que os nossos atos trazem consequências: Por causa disso, Deus os entregou a paixões vergonhosas. Porque até as mulheres trocaram o modo natural das relações íntimas por outro, contrário à natureza. Da mesma forma, também os homens, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo indecência, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro. E, por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a um modo de pensar reprovável, para praticarem coisas que não convém. Estão cheios de todo tipo de injustiça, perversidade, avareza e maldade. Estão cheios de inveja, homicídio, discórdia, engano e malícia. São difamadores, caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, arrogantes, orgulhosos, inventores de males, desobedientes aos pais, insensatos, desleais, sem afeição natural e sem misericórdia. Embora conheçam a sentença de Deus, de que os que praticam tais coisas são passíveis de morte, eles não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam.” (Romanos 1:26-32)

Desde Adão, Deus deixou bem claro que o seu desejo era de que o homem tivesse vida longa e prazerosa na terra que ele havia lhe dado, e também governasse sobre a mesma cuidando e zelando para que tudo corresse bem. Ele deixou o homem com liberdade de ação, limitando-o somente à obediência a uma única ordem “não comer da árvore do conhecimento do bem e do mal” (Gênesis 2:16-17). Mas infelizmente foi essa a escolha que o homem fez, pagando pela sua desobediência com a pena capital e a maldição de toda criação, embora Deus tivesse avisado das consequências, o homem decidiu ousar e desafiar o criador, achando que Deus não teria coragem de cumprir com sua palavra. Um conselho desde já, jamais ouse desafiar a Deus, ele é o criador e preservador da vida, e não um ser igual a nós.

Deus também colocou ao homem algumas condições para viver bem, e ter a sua benção, e algumas delas estão registradas em Êxodo 20:1-17 (dez mandamentos) e também em Deuteronômio 28 (Bênçãos e maldições decorrentes da obediência ou desobediência). E temos também o que o próprio Cristo deixou para nós que foi registrado por Mateus nos capítulos 5 e 6 do seu livro (sermão do monte). Seu desejo continua sendo de nos abençoar, fato é que desde a queda de Adão, registrada acima, ele já proveu um caminho aberto para aqueles que se arrependem e querem voltar a uma comunhão e reconhecimento de sua bondade, misericórdia e amor, ele prometeu enviar um libertador, um que pudesse fazer o pagamento da dívida de todos os que se achassem na condição de pecadores arrependidos, ele envio seu próprio Filho, Jesus Cristo!

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito,  para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3-16

 

Pr. Wellington Dias da Silva

Diretor Executivo Seminário Cristo Para as Nações

Pastor da Comunidade Evangélica Nova Vida

14 de março de 2019

0 responses on "ONDE DEUS ESTAVA QUANDO ISSO ACONTECEU?"

    Leave a Message

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Somos associados:

                        

    Atendimento

    Av. Antonio Carlos 1769 em frente ao Hosp. B. Horizonte
    Belo Horizonte | MG

    Ligue para:
    31 – 3025.7222 whatsapp 31-991942000

    atendimento@cpn.org.br

    Seminário Cristo Para As Nações © 2019 . Todos os direitos reservados.Política de Privacidade

    Espere!

    Conheça nossos cursos presenciais oferecidos no segundo 
    semestre de 2019. Faça sua matrícula e garanta sua vaga!
    close-link
    X